Eurovision

UER olha para outras opções para assegurar a participação de Yulia no Eurovision 2017

UER não que abrir mão da participação russa

24 de março de 2017 - por Jonatas Costa
24 03 2017

A União Europeia de Radiodifusão continua a analisar outras opções para garantir que Yulia Samoilova possa competir no ESC 2017.

TASS, a agência de notícias russa informa que em uma declaração da UER, foi confirmado que a União de Radiodifusão ainda está a procura para outras opções para garantir Yulia possa competir na Ucrânia. Dave Goodman, oficial de comunicações da UER, informou a TASS que:

“Estamos continuando o nosso diálogo com as autoridades ucranianas com a ambição de ter todos os artistas presentes para executar na cidade anfitriã, Kiev, que é naturalmente a nossa opção preferida. No entanto, se o banimento de Yulia continuar, teremos de investigar opções alternativas.”

Ontem, a União Europeia de Radiodifusão propôs que Yulia se apresentasse no festival através de um link via satélite de Moscou. A proposta foi rejeitada pela Channel One naquela noite, também foi rejeitada pelo primeiro-ministro ucraniano. A proposta teria violado leis ucranianas existentes relativas à transmissão de conteúdos contendo pessoas proibidas na Ucrânia. Em um comunicado, a Channel One expressou opiniões sobre a proposta afirmando que:

“Acreditamos que a proposta de participação remota é estranha. É, sem dúvida, contrário à própria  ideia desse evento.”

Fonte: eurovoix.com
x Close

Curta nossa página no Facebook