Eurovision

RTP revela mais detalhes sobre o Eurovision 2018

A final está marcada para o dia 12 de maio.

17 de agosto de 2017 - por Marcus Javarini
17 08 2017

EBU confirma Lisboa como sede do Eurovision 2018

A RTP, estatal responsável pela organização do Eurovision 2018, revelou alguns detalhes dos planos da emissora para a realização do festival, que terá lugar em Lisboa em maio do ano que vem. Como já foi anunciado há algum tempo, a MEO Arena abrigará o festival. A arena foi inaugurada em 1998, sob o nome de Pavilhão Atlântico. É o maior pavilhão de shows de Portugal, podendo abrigar aproximadamente 20 mil espectadores em grandes concertos.

O CEO da RTP Gonçalo Reis afirmou que o festival será “o mais econômico e o mais criativo“. Falando em valores, o projeto para o Eurovision ficará em torno dos 20 milhões de Euros (cerca de 74,2 milhões de Reais). As despesas ficarão por conta da Câmara Municipal de Lisboa, Câmara de Turismo de Lisboa e Turismo de Portugal. A RTP espera que cerca de 27 mil pessoas viajem para Portugal em decorrência do Eurovision, e as projeções de lucro são de 25 milhões de Euros (92,8 milhões de Reais).

Slogan

Apesar de um design provisório ter sido apresentado ao público, esta não será a identidade visual do Eurovision 2017. Assim como a ID, o slogan ainda não foi revelado, porém algumas dicas dadas pelos responsáveis pelo festival dão uma ideia do que poderá vir a representar a edição. A relação histórica de Portugal com os oceanos poderá influenciar na identidade do festival. O diretor geral da RTP afirmou: “Convidamos a todos para celebrar esse desejo de estar perto e se manter unidos, isso é o futuro.”

Semana Eurovisiva

Praça do Comércio - Lisboa
Praça do Comércio – Lisboa

Além das três noites do festival, marcadas para os dias 8, 10 e 12 de maio, haverão – como todos os anos – outros eventos na capital portuguesa. A Eurovillage, local onde acontecem várias apresentações durante as duas semanas do evento, como apresentações dos artistas participantes, DJ’s, números de dança, além da transmissão das três noites do festival, terá lugar na Praça do Comércio. Tudo isso é gratuito e não será necessário possuir credenciais para participar. A praça tem ligação com a Rua Augusta, esta última poderá ser usada como cerimônia de abertura do festival, o famoso tapete vermelho.

Menos é mais

Após a decisão da cidade sede, muito se discutiu acerca de como será o show. Os responsáveis pela organização do festival já declararam que o Eurovision 2018 será “Um festival sem excessos mas com ótima qualidade, elegância e simplicidade“. Além disso, está sendo discutida a possibilidade de alimentar o show com energia limpa, gerada através da usina solar inaugurada pela RTP em maio.


A RTP, em conjunto com a EBU, irá anunciar mais detalhes da competição nos próximos meses. Espera-se que o logo, slogan e datas para a compra dos ingressos sejam divulgados no final do ano.

Fonte: ESC Xtra

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook