Eurovision

Problemas com o início da venda dos ingressos para o Eurovision

EBU está decepcionada com a demora

08 de fevereiro de 2017 - por Paulo K.
08 02 2017

A UA: PBC, emissora ucraniana, está trabalhando com a União Europeia de Radiodifusão para resolver problemas com o fornecedor dos ingressos.

A UA:PBC manifestou a sua decepção com a decisão do Comitê Anti-monopólio de cancelar o procedimento de adjudicação do fornecedor de ingressos para o Eurovision 2017. A empresa Concert.ua tinha sido assinado um contrato para a competição, contudo as regras que cercam a aquisição não eram abertas e justas.

Pavlo Hrytsak, da emissora ucraniana, afirmou que:

Teremos que acatar a decisão do Comitê Anti-monopólio (AMC) – o órgão governamental autorizado, mas temos outras opções. Não podemos dizer que estamos de acordo com esta decisão, por isso estamos procurando soluções para a situação, para que possamos começar a vender ingressos o mais rapidamente possível. Estamos consultando esta questão com a União Europeia de Radiodifusão (UER) e não aceitaremos quaisquer decisões sem estar de acordo com eles.

Sr. Hrytsak acrescentou:

Esperamos que os ingressos estarão à venda em fevereiro, estamos trabalhando ativamente para que isso aconteça. Deve-se notar que nos anos anteriores houveram datas de início de venda de ingressos diferentes.

Em 2009 e 2012, os ingressos para o Eurovision não foram colocados à venda até cerca de duas semanas de março. O Supervisor Executivo do Eurovision, Jon Ola Sand, acrescentou:

Estamos decepcionados com o atraso no início da venda de bilhetes para a Eurovision 2017, mas vamos trabalhar em conjunto com a UΛ:PBC, para resolver esta situação. A UER reconhece que qualquer proposta deve ser transparente e justa, e espera que os bilhetes sejam colocados à venda em breve será possível.

A 62ª edição do Eurovision Song Contest acontecerá nas seguintes datas:

Semi Final 1 – 9 de Maio
Semi Final 2 – 11 de Maio
Final – 13 de Maio

Fonte: Eurovoix

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook