Eurovision

[UPD] Polêmica! Alekseev interpretou “Navsegda” em um show realizado em maio

Vídeo estava no Youtube, mas foi deletado

10 de Janeiro de 2018 - por Fabiana Silva
10 01 2018

A temporada 2017 do Eurovision foi cheia de polêmicas – e nada melhor do que seguir a tradição em 2018. Ontem, publicamos aqui que Pavel Callta interpretou sua proposta para a seletiva da Tchéquia antes desta data, em uma versão demo cantada em tcheco. Agora, foi divulgado através da rede social VK um vídeo de Alekseev, cantando “Navsegda” durante um show realizado em 23 de maio, em Sevastopol.

A versão em inglês do tema, “Forever“, concorre à vaga de Belarus no Eurovision 2018. Vale lembrar que a cláusula 9 da seletiva diz que “O projeto pode envolver uma música (música e / ou texto) que não foi publicada comercialmente e que não foi interpretada publicamente antes 1 de setembro de 2017: distribuídos pela Internet, bem como em qualquer mídia (cassetes, CDs, EPs e similares) por meio de venda ou de outra forma, transmitida por rádio ou televisão“. Alekseev teria cantado a música em vários shows de sua última turnê, com a primeira evidência em 18 de maio.

Confira o vídeo de “Navsegda“, interpretada durante show em Sevastopol:

Saiba mais sobre a regra do 1º de setembro e algumas de suas exceções


Quem é Alekseev?

Nikita Vladimirovich Alekseev, ou simplesmente Alekseev, tem 24 anos e é um dos maiores nomes da música pop ucraniana. Tornou-se conhecido após participar da versão ucraniana do The Voice, na qual chegou às semifinais. Ani Lorak acreditou em seu potencial e o ajudou a gravar seu primeiro clipe. Em 2015, lançou o single “P’yanoe Solntse”, que chegou ao primeiro lugar nas paradas da Rússia e em segundo da Ucrânia. Alekseev conquistou inúmeros prêmios, incluindo artista revelação no MUZ-TV Awards, canção do ano no RU.TV Awards e no Golden Gramophone Awards e cantor do ano no Nasha Liga BelMuzTV.

Ouça “Forever“, tema com o qual Alekseev tentará representar Belarus:

Fonte: VK

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook