Eurovision

José Cid revela o motivo de participar do FdC 2018 sozinho

Desentendimento entre ele e Gonçalo Tavares

14 de Fevereiro de 2018 - por Fabiana Silva
14 02 2018

No dia da apresentação dos artistas participantes do Festival da Canção 2018, foi revelado que José Cid cantaria seu tema ao lado de seu sobrinho, Gonçalo Tavares – inclusive, os dois estavam juntos na roda de imprensa oferecida pela RTP. Entretanto, na última segunda-feira, Cid apareceu como intérprete solo de “O Som da Guitarra é a Alma de um Povo“. Para o site N-TV, o representante português de 1980 falou sobre a situação:

Houve pouca abertura por parte do meu sobrinho para dialogar sobre o que podíamos fazer com a música […] a decisão de nos separarmos foi minha.

Para Cid, eles não conseguiram chegar a um acordo em relação ao nível artístico da proposta, uma vez que seu sobrinho tem uma vertente mais pop e não conseguiu adaptar à ideia estética e vocal de seu tio. Nosso parceiro ESCPortugal tentou entrar em contato com Gonçalo Tavares, mas esse não quis fazer qualquer declaração acerca do assunto.

Ouça o snippet de “O Som da Guitarra é a Alma de um Povo“, de José Cid:


Festival da Canção 2018

Festival da Canção 2018 acontecerá em Guimarães e terá duas semifinais – 18 e 25 de fevereiro – e a grande final – 04 de março. Cada semifinal terá 13 participantes, dos quais sete se classificam para a grande final. O vencedor, escolhido por júri e televoto, representará Portugal na próxima edição do Eurovision.

Fonte: ESC Portugal
x Close

Curta nossa página no Facebook