Eurovision

Comentarista turco fala sobre block voting com a Eslovênia que nunca existiu

Nenhum fundamento

06 de junho de 2017 - por Marcus Javarini
06 06 2017

Há dois meses atrás, o ex comentarista do Eurovision pela Turquia, Bülent Özveren, deu uma entrevista a uma rádio local e falou sobre vários assuntos acerca do Eurovision, como a vitória de Jamala em 2016, os processos de seleção do país e a vitória turca em 2003. Porém um dos assuntos chamou a atenção da mídia apenas agora, dois meses depois.

Durante a entrevista, Bülent comentou sobre um ano em que a Turquia e a Eslovênia fizeram uma troca de pontos:

No passado, quando o sistema de votação era de 100% a cargo do júri, os jurados da Turquia e da Eslovênia concordaram em partilhar cerca de 5 pontos. Isto tudo porque o público turco estava furioso com as más classificações do passado.

O único problema nessa história é que isso nunca aconteceu. Durante os dezoito anos em que a Turquia e a Eslovênia participaram juntas, ambos trocaram apenas 15 pontos, sendo 10 (1997), 3 (1998) e 2 (2011) da Turquia para a Eslovênia e 3 (1995), 10 (2003) e 2 (2010) vice-versa, sendo que nos anos em que os países votaram exclusivamente com o juri, ambos não trocaram pontos.

Além da gafe, Bülent comentou sobre o interesse da estatal turca TRT em voltar para o Eurovision em 2015, após dois anos de boicote:

O diretor geral da TRT, Senol Göka, me garantiu há dois anos que a Turquia iria regressar. Mais tarde mudou de ideia. Enquanto se mantiver aquela direção, não há qualquer esperança de regresso (…) A decisão do abandono foi errada: a TRT apenas dominava as audiências nas noites de Eurovision. O público turco adora a Eurovision. Apesar de não participar, a TRT poderia transmitir. Fiz questão de dizer tudo ao diretor-geral em março passado, mas não serviu de nada.


A Turquia no Eurovision

O país estrou no Eurovision em último lugar em 1975. Após dois anos de fora da competição, a Turquia retornou ao festival e desde então só esteve de fora 1994, até se retirar em 2013. Das participações do país, a Turquia detém uma vitória na competição, em 2003, onde Sertab Erener levou o troféu para casa com a canção ‘Everyway that i can’. Desde 2013, a estatal do país, TRT, se recusa a participar da competição por alegar que o sistema de votação é injusto. Relembre a única vitória do país:

Fonte: ESC Portugal

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook