Análises

Romeu e Julieta do século XXI

Estônia - Koit Toome & Laura - "Verona"

15 de Abril de 2017 - por Fabiana Silva
15 04 2017

Ficha Técnica

  • País: Estônia
  • Artista: Koit Toome & Laura
  • Título: Verona
  • Data de Lançamento: 08 de dezembro de 2016
  • Autor: Sven Lõhmus
  • Emissora: ERR
  • Método de seleção: final nacional (Eesti Laul)

Biografia

Koit ToomeLaura Põldvere tem 28 anos e começou sua carreira em 2005, quando participou do Eurolaul com duas canções: “Moonwalk”, como solista, e “Let’s Get Loud”, como membro do grupo Suntribe. Com a segunda, ela representou a Estônia no Eurovision, porém não conseguiu se classificar para a final. Em 2007, voltou ao Eurolaul, ficando na terceira posição com “Sunflowers”; no mesmo ano, lançou seu disco de estreia, Muusa, e mudou-se para os Estados Unidos para estudar na prestigiada Berklee College. Voltou à sua carreira em 2009, ficando novamente em terceiro lugar na seletiva estoniana e lançando seu segundo álbum, Ultra. Em 2016, foi segunda colocada no Eesti Laul com “Supersonic”. Além de cantar, Laura também toca violino.
 
Koit Toome tem 38 anos e começou sua carreira em 1994, como membro da dupla pop Code One. Foram alguns anos de muito sucesso no mercado estoniano, até que eles decidiram se separar em 1998. Em sua primeira empreitada como solista, Koit representou a Estônia no Eurovision, ficando na 12ª posição com “Mere lapsed”. No ano seguinte, lançou seu primeiro álbum solo; no total, ele lançou cinco álbuns, contando os da Code One e os solos. Koit participou de musicais dentro e fora da Estônia – como O Fantasma da Ópera, Les Miserables, Rent, Hair, entre outros – e dublou animações como Carros, da Disney.
 
Tanto Laura quanto Koit voltarão ao Eurovision em 2017, interpretando a canção “Verona”. Na final do Eesti Laul, eles foram os mais votados, batendo a grande favorita Kerli.


Galeria


Capa para Facebook

Timeline-Estonia


Clipe Oficial


Análise

Os intérpretes

Koit ToomeIndividualmente, Koit & Laura já provaram seu valor. Ambos têm carreiras longas e de relativo sucesso, são versáteis musicalmente e conseguem lidar bem com a pressão do evento, principalmente por já terem passado por essa experiência anteriormente. Koit é mais carismático que Laura e sua conexão com as câmeras é bem mais natural – em alguns momentos, ela tem um olhar meio sem vida e uma expressão facial de quem está prestes a chorar. Ainda assim, a dupla deu certo: suas vozes estão em perfeita harmonia e, de certa forma, eles conseguem levar ao espectador o clima de romance atribulado que a música propõe. Falta apenas um pouco mais de interação entre eles, já que eles não só perderam sua ‘Verona’, mas também a encontraram. Nota: 8,5/10

A canção

Koit Toome & LauraVerona” traz uma temática de um casal em crise, cujas brigas estão levando os dois ao fim do romance. Apesar disso, é uma canção predominantemente uptempo, com uma introdução lenta e cortes bruscos nas pontes. Esses momentos mais calmos são muito interessantes, principalmente pela cara de faroeste, porém seu arranjo nas partes mais agitadas fazem da canção da Estônia um pop datado, tirado de algum lugar dos anos 80. O refrão é de fácil memorização e é nesse momento que as duas vozes se encontram e se harmonizam perfeitamente. A melodia poderia crescer mais no final, intensificando o instrumental ou até mesmo com um leve keychange depois da última quebra de ritmo. Nota: 6/10

O apelo com o público

LauraVerona” caiu nas graças de muitos eurofãs, mesmo que sua vitória tenha sido contestada após o Eesti Laul. A proporção de deslikes em relação aos likes nos vídeos de canais oficiais do Youtube (ERR, Eurovision, gravadora Moonwalk) é relativamente pequena e há vários elogios para a dupla. A votação da OGAE pode não ser o parâmetro mais confiável do mundo, mas vale dizer que eles começaram muito bem, estando na quinta colocação com nove clubes votantes. Já nas casas de apostas, Koit & Laura não aparecem no top-10, mas a 17ª posição é bastante satisfatória, ainda mais depois do fiasco de 2016. Nota: 8/10

O conjunto da obra

Koit Toome & LauraA performance de “Verona” durante o Eesti Laul foi baseada em uma ideia muito boa, transformando-a praticamente em um clipe ao vivo. O uso do preto e branco no background confere um dramatismo interessante e a dinâmica de cortes de câmera e de planos fechados nos intérpretes funciona muito bem. Com alguns ajustes, podemos ter uma performance memorável em Kiev – as partes em que ambos cantam juntos poderiam ser melhor trabalhadas, demonstrando essa sensação de amor e ódio que a letra propõe. Não podemos esquecer que eles estão na mesma semifinal que todos os outros ‘casais’ da competição e que Belarus e Romênia têm alguns pontos que os fazem se sobressair em relação ao casal estoniano (Belarus a meiguisse e o fato de cantarem em idioma local; Romênia a ousadia de misturar yodel e música moderna e o carisma de seus intérpretes). Ainda assim, a Estônia não deve ter tanto trabalho para se classificar para a final. Nota: 7,5/10

O veredito

Veredito Estônia Eurovision 2017



E na segunda-feira…

Lucie Jones
A temporada de análises do ESCPedia continua na segunda-feira, com nosso veredito sobre “Never Give Up On You“, canção de Lucie Jones que representará o Reino Unido.

x Close

Curta nossa página no Facebook