Junior Eurovision

Armênia quer investigação da votação online

Problemas com a votação poderiam ter influenciado o resultado final

27 de novembro de 2017 - por Paulo K.
27 11 2017

Votação online congestiona durante Junior Eurovision

A chefe de delegação da Armênia, Gohar Gasparyan, revelou em sua rede social que irá solicitar uma investigação à votação online. Ela afirmou que a “votação online foi incompleta e precisa de uma séria investigação”.

A queixa é devida ao fato que a votação online esteve fora do ar durante o Junior Eurovision 2018, sendo que várias pessoas foram impedidas de votar – sendo que teoricamente a maior parte dos votos computados foram os votos que antecederam a competição.

Gohar não deu mais detalhes em relação à essa queixa. A armena é responsável pelas participações eurovisivas do país nos últimos anos, estando envolvida na produção do evento em 2011.

A Armênia conseguiu o sexto lugar com a sua canção “Boomerang” em Tbilisi, sendo esse o pior resultado do país desde 2013. Misha foi o 4.ª mais votado entre os júris nacionais o 8º lugar da votação online.

Confira seu desempenho abaixo:

Fonte: ESCPortugal

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook