Análises

Uma boa escolha?

Itália: Maria Iside Fiore - "Scelgo"

10 de novembro de 2017 - por Marcus Javarini
10 11 2017

Ficha Técnica

  • País: Itália
  • Artista: Maria Iside Fiore
  • Título: Scelgo
  • Data de Lançamento: 04 de outubro de 2017
  • Autor(es): Stefano Rigamonti, Fabrizio Palaferri, Marco Iardella e Maria Iside Fiore
  • Emissora: RAI Gulp
  • Método de seleção: escolha interna

Biografia

Maria Iside Fiore tem 13 anos, nasceu em Carrara, mas vive em Sarzana, onde frequenta aulas de música. Aos 4 anos, começou a dançar no grupo Danzabilmente, que promove a integração da deficiência através da dança, uma atividade que continua até hoje. Em 2015, sua professora de canto a incentivou a realizar um solo e, desde então, participa de várias competições e shows. Em 2016, foi finalista do Junior al Cantagiro, interpretando um cover de Anna Tatangelo; no ano seguinte, estreou como atriz, em uma produção da companhia teatral Marilontani di Lerici.

Em outubro de 2017, foi escolhida pela RAI para representar a Itália no Junior Eurovision, interpretando a canção “Scelgo“. Além de cantar e atuar, Maria ainda toca clarinete.


Galeria


Clipe Oficial


Análise

Á intérprete

Maria Iside Fiore parece ter um controle muito bom de sua voz. Diferente de muitas crianças da sua idade, ela não está interessada em demonstrar o seu poder vocal através de gritos. Pelo contrário, sua interpretação é linear com poucos, senão nenhum momento de surpresa. Em outras palavras, Maria é muito comportada e lhe falta um pouco de ousadia em sua performance, o que ajudaria – e muito – no Junior Eurovision. Nota: 7/10

A canção

Infelizmente, a proposta da Itália para 2017 não combina nada com Maria. A música tem uma melodia muito datada, que lembra as músicas antigas do Sanremo, e colocar uma criança para interpretar algo esteticamente ultrapassado não funciona. Por outro lado, a letra de “Scelgo” é bem interessante e com uma mensagem que, apesar de clichê, sempre funciona. Nota: 5/10

O apelo com o público

A proposta não tem muito apelo com o público, uma vez que já dito, a música tem uma atmosfera muito antiga e ultrapassada para uma competição como o Junior Eurovision. Em um ano onde as crianças poderão votar nas suas favoritas, a Itália certamente não será lembrada, restando ao júri salvar o país de uma má classificação. Nota: 4/10

O conjunto da obra

A Itália sempre vem escolhendo bons cantores para o Junior Eurovision, o que é ótimo. Infelizmente, algumas músicas acabam por não combinar com o concurso e/ou com o artista e 2017 é um desses casos. Mesmo que Maria tenha uma boa voz e esteja disposta a defender o seu país, a música não a ajuda a criar uma harmonia. Os italianos deverão se distanciar do bom resultado que tiveram no ano passado e, provavelmente, terminarão na segunda parte da tabela este ano. Nota Final: 6,75/10

O veredito



E na segunda-feira…


A temporada de análises do ESCPedia continua na segunda-feira, com nosso veredito sobre “Dawra Tond“, canção de Gianluca Cilia que representará Malta.

x Close

Curta nossa página no Facebook