Eurovision

San Marino poderá deixar o concurso

Emissora insatisfeita com ações da UER

12 de maio de 2017 - por Guilherme Pavanello
12 05 2017

Aconteceu ontem a segunda semi-final do Eurovision 2017, em Kiev. Um dos 18 países participantes era San Marino, o qual não conseguiu a sua apuração pelo terceiro ano consecutivo, e contando com apenas uma final em oito participações (em 2014 com Maybe, de Valentina Monetta).
Após a divulgação dos classificados, Carlo Romeo, o diretor-geral da emissora samarinesa, sugeriu que o país poderá deixar de participar do concurso. Segue a declaração de Carlo:

Estamos muito felizes e orgulhosos de Valentina e Jimmie, mas creio que somos pequenos demais para esse evento. Não sei se no próximo ano consideraremos participar. No momento, é muito difícil pensar em participar novamente. Não há espaço para microestados no Eurovision Song Contest.

Vale lembrar que Carlo já havia mostrado descontentamentos com a organização do festival (UER).

Uma breve explicação do caso: San Marino não tem linhas telefônicas próprias, o que impede de ter seu próprio teleovo. No atual método de votação, todos os países devem obter dois rankings: um formado pelos jurados e outro formado pelo televoto. Com essa nova regra, San Marino acaba por perder 50% dos seus votos (o “televoto” vindo de San Marino é, na verdade, uma média dos votos dos jurados de outros países). Carlo Romeo, incomodado com a situação, foi correr atrás dos direitos do microestado: Ele propôs para a UER de que fosse feito um painel de votação com habitantes do país, o que foi rejeitado pela mesma. Carlo então, havia considerado fazer um boicote ao concurso (o que não acabou se concretizado). Alessandro Capricchioni, o chefe da delegação samarinesa no concurso, também cogitou processar a UER por ter retirado de última hora, sem aviso prévio e sem motivo especificado os hologramas que fariam parte da apresentação de Serhat (representante samarinês no Eurovision 2016).


San Marino no Eurovision

O pequeno país estreou no Eurovision em 2008, porém sua segunda participação aconteceu apenas em 2011. Das suas participações no Eurovision, San Marino se classificou para a final apenas uma vez, em 2014, onde Valentina Monetta representou o país pelo terceiro ano consecutivo, desta vez com a canção ‘Maybe’.

Fonte: ESC Portugal

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook