Eurovision

San Marino não deve voltar ao Eurovision em 2018

'Não há espaço para microestados'

23 de agosto de 2017 - por Fabiana Silva
23 08 2017

Como era de se esperar, San Marino deve mesmo desistir do Eurovision em 2018. O microestado foi o maior prejudicado com as novas regras de votação: eles são o único país que não podem usar o televoto, uma vez que dividem seu sistema de telefonia com a Itália; por isso, é utilizada uma combinação de votos de 5 a 10 países pela Europa, cujos nomes não são revelados.

A SMRTV chegou a sugerir à EBU que fosse criado um painel de votação com habitantes do país, porém tal proposta foi rejeitada. Por esse motivo, o diretor da emissora, Carlo Romeo, chegou a dizer que ‘não há espaço para microestados no Eurovision‘.

Relembre a entrevista de Alessandro Capricchioni falando sobre o método de votação. (Português / English)


San Marino no Eurovision 2017

Em 2017, San Marino foi representado por Valentina Monetta & Jimmy Wilson e a canção “Spirit of the night“. Na segunda semifinal, eles ficaram na última posição, com apenas 1 ponto conquistado.

Fonte: ESCape News

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook