Eurovision

Montenegro sofre queda brusca na arrecadação com publicidade

Arrecadação 16 vezes menor

06 de junho de 2017 - por Fabiana Silva
06 06 2017

A RTCG enfrenta um problema sério, que deve impactar o futuro do país no Eurovision. A emissora de Montenegro viu a arrecadação com propaganda cair de quase 100 mil Euros em 2016 para apenas 6.250 Euros em 2017. Vanja Šipovac, diretor de marketing da estatal, comentou que não houve mudanças na forma como as propostas foram tratadas e que o motivo da queda não está claro.

Assim, o conselho da RTCG irá discutir se a presença no Eurovision em 2018 é realmente viável. Sabrija Vulić, chefe da delegação, revelou recentemente que o custo da participação de 2017 foi de 115 mil Euros, dos quais 26 mil eram a taxa de inscrição paga diretamente à EBU. Sabrija defende que o festival é uma forma de promover o país internacionalmente e que não vê o dinheiro gasto como despesa, mas sim como investimento.


Montenegro no Eurovision 2017

Em 2017, Montenegro foi representado por Slavko Kalezić, com a canção “Space“. Na primeira semifinal, ele foi o 16º colocado e, por esse motivo, não conquistou uma das dez vagas para a final.

Fonte: Eurovoix
x Close

Curta nossa página no Facebook