Eurovision

Mônaco não voltará ao Eurovision

País deixou a competição em 2006

19 de agosto de 2016 - por Marcus Javarini
19 08 2016

Mais uma vez, a estatal monegasca TMC anunciou que Mônaco não irá retornar ao Eurovision em 2017. Isso marca o décimo ano consecutivo do país fora da competição.

Com o anúncio, Mônaco se junta a Luxemburgo e a Andorra na lista de países que não estarão presentes na próxima edição do festival europeu. Em contrapartida, 25 nações já demonstraram interesse em estar na Ucrânia:

  • Alemanha
  • Armênia
  • Áustria
  • Bélgica
  • Bulgária
  • Chipre
  • Dinamarca
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Irlanda
  • Israel
  • Letônia
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • Suécia
  • Suíça
  • Ucrânia

A lista definitiva de participantes deve ser divulgada em dezembro.


Mônaco no Eurovision

Mônaco participou do Eurovision de 1959 até 1980, quando saiu sem motivos específicos. Durante esse período, o principado venceu a competição uma única vez, em 1971, porém não pôde sediar a competição em 1972 por não possuir um local que atendesse às exigências da EBU.

Uma curiosidade: Mônaco foi o primeiro concorrente a enviar uma criança para o festival: em 1969, Jean Jaques representou o país com apenas 12 anos de idade. 

25 anos depois de sua saída, a estatal monegasca TMC resolveu voltar à competição, enviando representantes de 2004 a 2006. Eles não se classificaram para a final em nenhuma das três participações, o que os levou a nunca mais competir.

Relembre a vitória do país de 1971, com Séverine e “Un banc, un arbre, une rue“:

Fonte: ESCToday

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook