Eurovision

MGP terá a volta do júri internacional

Método utilizado nas vitórias de 85 e 95

07 de setembro de 2016 - por Fabiana Silva
07 09 2016

A NRK anunciou hoje mudanças no Melodi Grand Prix. A tradicional seletiva da Noruega terá a volta do júri internacional, que ajudará na escolha do vencedor.

O responsável pelo show do próximo ano, Stig Karlsen, citou o sucesso do Melodifestivalen como um dos maiores motivos para a volta do júri internacional. Além disso, nas vitórias norueguesas em 1985 e 1995, a Noruega também utilizou esse método de votação.

Vamos convidar entre 10 e 12 países para o Melodi Grand Prix, para que eles escolham a canção certa, com as melhores possibilidades para ser bem aceita pelo público internacional. […] Vamos nos classificar para a final e vencer.

Stig Karlsen

O prazo para envio de propostas para o Melodi Grand Prix termina no dia 11 de setembro. As regras podem ser lidas [aqui] (em inglês).


Noruega no Eurovision 2016

No Eurovision 2016, a Noruega foi representada por Agnete e a canção “Icebreaker“. Reveja a performance da cantora durante a semifinal:

Fonte: ESCToday

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook