Eurovision

Israel está autorizado a participar dos eventos da EBU

Poderá estar no Junior Eurovision e no Eurovision

08 de julho de 2017 - por Fabiana Silva
08 07 2017

Segundo o portal Walla, a EBU e a IPBC firmaram um acordo para que Israel possa participar dos festivais da organização enquanto a emissora não se torna membro ativo – a decisão final será tomada em dezembro. A nova estatal israelense surgiu em maio deste ano e não cumpria uma das principais regras para ser membro ativo, que é conter em sua programação algum noticiário. Contudo, conforme publicamos anteriormente, a KAN oferece um noticiário noturno diário, bem como análises jornalísticas de quinta à domingo, também à noite.

Caso Israel realmente se inscreva para o Eurovision 2018, seu representante do país será escolhido através do show de talentos HaKokhav HaBa.


Israel no Eurovision

Israel estreou no Eurovision em 1973 e, em 1978, o país obteve sua primeira vitória, vencendo a competição novamente no ano seguinte com o festival sendo sediado em casa. Por direito, Israel iria organizar a edição de 1979, porém a EBU se recusou a trocar a data do festival que coincidia com um feriado nacional do país. Além das vitórias de 1978 e 1979, Israel detém o título de 1998, conseguido por Dana International e sua canção ‘Diva‘, curiosamente a primeira transexual a vencer a competição.

Em 2017, Israel foi representado por Imri Ziv, com “I Feel Alive“. Ele foi 23º colocada na final, com 39 pontos:

Fonte: Walla
x Close

Curta nossa página no Facebook