Eurovision

Eurovision 2018 – Cidades candidatas

Quem abrigará a competição?

17 de junho de 2017 - por Marcus Javarini
17 06 2017

A estatal RTP e a EBU já começaram o processo para definir qual será a cidade anfitriã do Eurovision 2018, que acontecerá pela primeira vez em Portugal. Até o momento, quatro cidades já receberam representantes da RTP como possíveis anfitriãs. São elas:

Lisboa foi a primeira opção da RTP após a vitória no Eurovision 2017 e chegou a ser anunciada como a cidade escolhida. Mais tarde, após o descontentamento da população portuguesa e dos fãs europeus, a emissora voltou atrás, porém a capital continua sendo uma das candidatas. A cidade, que tem quase 507 mil habitantes, dispões de uma larga infraestrutura para receber o festival, com um aeroporto internacional e uma boa quantidade de acomodações.

Para receber o Eurovision, a cidade dispões da MEO Arena, uma arena multiuso com capacidade para 20 mil pessoas e que atende todos os requisitos mínimos requeridos pela EBU, sendo o maior local que poderá receber o festival em Portugal. A MEO já foi responsável por receber atrações internacionais, como Ariana Grande, Beyoncé, Adele e Lady Gaga.


Braga tem cerca de 181.500 habitantes e se localiza ao norte de Portugal. Apesar de ser nova na corrida de anfitriãs, a cidade possui alguns aspectos que dificultam sua escolha para abrigar o festival. O aeroporto internacional mais próximo se localiza a 53 quilômetros. Para receber o Eurovision, a cidade dispões do Parque de Exposições, que tem capacidade para cerca de 15 mil pessoas e está em fase de reforma que terminará em março, bem como outras obras de infraestrutura na cidade.


Gondomar se localiza ao norte do país e possui cerca de 168.000 habitantes. A cidade dispõe da Multiusos de Gondomar para receber o Eurovision. O local possui capacidade para cerca de 8 mil pessoas. Como um dos principais requisitos da EBU, Gondomar possui como apoio o Aeroporto Internacional do Porto, localizado a 25 quilômetros de distância.

 


Por fim, Santa Maria da Feira foi uma das primeiras cidades a demonstrar interesse no Eurovision além da capital Lisboa. O Europarque é o local escolhido pela prefeitura para receber o festival europeu, que possui capacidade para 11 mil pessoas. O aeroporto internacional mais próximo é o do Porto, a 50 quilômetros de distância. Infelizmente, a cidade não possui acomodações e infraestrutura suficientes para abrigar o festival, mas ainda sim segue na disputa para receber a competição.

 


O Eurovision 2018

A edição de 2018 do Eurovision Song Contest acontecerá pela primeira vez em Portugal após a vitória do país em 2017, onde Salvador Sobral obteve recorde de pontuação na história do festival com ‘Amar pelos dois‘, composição feita por sua irmã, Luísa Sobral. Relembre:

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook