Junior Eurovision

Eslovênia se retira da competição

Insatisfeitos com as mudanças no festival

24 de maio de 2016 - por Marcus Javarini
24 05 2016

Como forma de protesto, a Eslovênia anunciou hoje sua retirada do Junior Eurovision 2016, que acontecerá em Valletta, capital de Malta.

Os motivos que levaram a estatal do país RTVSLO a desistir da competição em 2016 foram algumas das mudanças implementadas na competição, dentre elas alterações no método de votação e no dia de exibição do festival.

Por enquanto, a Eslovênia é o único país que participou em 2016 a anunciar sua retirada.


O que mudou na competição?

Durante a roda de imprensa oferecida pela EBU e pela PBS, Jon Ola Sand explicou que o televoto não faria mais parte do sistema de votação do Junior Eurovision, tanto por ser caro demais para a pequena quantidade de votos recebidos quanto por não ser tão efetivo para avaliar os participantes. Dessa forma, a partir de 2016, o vencedor da competição infantil será definido por um júri especializado e por um júri formado por crianças.

Agora, foi revelado pelo site ESC-Plus que está sendo estudado substituir o televoto por algum outro tipo de votação, permitindo que o público escolha seus favoritos através de plataformas digitais. Uma das alternativas é o desenvolvimento de um aplicativo para dispositivos móveis. A organização busca algo que minimize os riscos de votos fraudulentos, assegurando a confiabilidade do sistema. Os membros da EBU analisarão o impacto da inclusão de uma terceira fonte de votos no resultado final ou se essa votação online será apenas uma premiação extra.


A Eslovênia no Junior Eurovision 2015

Em 2015, a Eslovênia foi representada no Junior Eurovision por Lina Kuduzović e a canção “Prva Ljubezen“. Ela foi a terceira colocada da competição, melhor posição da história de seu país em evento da EBU. Relembre:

Fonte: ESCPortugal e ESC-Plus
x Close

Curta nossa página no Facebook