Eurovision

Emissora neozelandesa não transmitirá o Eurovision 2017

UKTV opta por não transmitir o festival esse ano

29 de março de 2017 - por Jonatas Costa
29 03 2017

Depois de três anos transmitindo o festival, a UKTV tirou o concurso de sua programação este ano. Em 2014 e 2015, o canal havia transmitido ambas as semifinais e a final ao vivo (pela madrugada) e, em seguida, repetiu a transmissão de noite. No entanto, em 2016, o canal reduziu sua cobertura para apenas a transmissão da final, ao vivo e em reprise.

Em uma declaração à Dan News, um site de mídia e entretenimento na Nova Zelândia, a emissora declarou:

Infelizmente, a UKTV não transmitirá o Eurovision este ano. A equipe de programação da UKTV tenta encontrar o equilíbrio certo entre a programação para atender aos variados gostos dos espectadores e decidiu não transmitir o ESC para trazer novas atrações de drama premium, como Top of the Lakes e o SS-GB.

Esta não é a primeira vez que o Eurovision foi transmitido por uma emissora na Nova Zelândia. Entre 2009, a Stratos o transmitiu com um atraso de 12 horas e, entre 2010 e 2011, a transmissão aconteceu um mês depois.

Estas são as emissoras que não participam do Eurovision, mas que transmitiram o festival em anos anteriores:

  • Canadá – OUTtv (2014 e 2015)
  • Cazaquistão – Khabar Agency (2010 até hoje)
  • China – Human Television (2015 até hoje)
  • Estados Unidos – LogoTV (2016)
  • Ilhas Faroe – KVP (transmissão ao vivo em 2011 e 2014)
  • Groelândia – KNR (transmissão atrasada em 2011)
  • Kosovo – RTK
  • Nova Zelândia – UKTV (2014 a 2016)

Até agora, a China é o único país não participante que confirmou a transmissão do Eurovision 2017. A Human Television detém todos os direitos do festival até 2018.

Fonte: eurovoix.com

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook