Eurovision

Dnipro poderá perder interesse no Eurovision

O prefeito parece estar ansioso

19 de agosto de 2016 - por Marcus Javarini
19 08 2016

As coisas estão realmente difíceis para a NTU. Após alguns adiamentos no anúncio da cidade-sede do Eurovision 2017, o prefeito de Dnipro, Borys Filatov, disse que se a decisão demorar a ser tomada, a cidade irá perder o interesse de sediar a competição. O anúncio foi feito em seu perfil oficial no Facebook:

Indelicado e oficialmente.
Caros membros da Comissão Organizadora do Eurovision 2017: Por favor, decidam a cidade anfitriã no menor tempo possível. O tempo está acabando! Tanto para Dnipro, como para Kiev e Odessa. Está acabando para todo o país. Por favor, deem a luz a uma delas! Se isto demorar mais uma semana, nós, definitivamente, vamos perder o interesse em relação a este assunto! Somos pessoas sérias e compreendemos o alcance das tarefas, mas… espero que estejam fazendo o trabalho corretamente.

Em resposta ao desabado de Borys, o vice-diretor geral da NTU, Oleksandr Kharebin, tentou acalmar o prefeito, afirmando que o anúncio será feito na data marcada:

Mantenha a calma. Iremos fazer o anúncio no dia 23 de agosto! Entendemos e percebemos tudo, mas ninguém cancelou os procedimentos e coordenações em qualquer aspecto.

Como se sabe, Dnipro, Odessa e Kiev são as três cidades que seguem na disputa para ser a anfitriã do Eurovision 2017, que tem suas datas provisórias para 9, 11 e 13 de maio.


Batalha das cidades

Para saber mais sobre as cidades que se inscreveram para abrigar o Eurovision 2017, clique aqui.

Fonte: ESC Portugal

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook