Eurovision

Diretor da estatal de San Marino comenta o caso de Samoylova

SMRTV é a única estatal até então a comentar o caso

25 de março de 2017 - por Paulo K.
25 03 2017

O diretor-geral da estatal de San Marino, SMRTV, falou sobre a decisão de proibir Yulia Samoylova do Eurovision 2017.

Carlo Romeo comentou hoje a decisão do governo ucraniano de proibir Yulia Samoylova de se apresentar no Eurovision 2017 a ser realizado em Kiev. Yulia foi proibida no início desta semana, pelo fato de ter entrado na Crimeia em 2015 usando um posto fronteiriço não-ucraniano, o que é ilegal pelas leis ucranians. Ela foi proibida de entrar na Ucrânia pelos próximos três anos.

Carlo Romeo declarou:

Como uma emissora estatal não estamos satisfeitos com o comportamento da Ucrânia porque os conflitos devem ficar fora do Eurovision.

A SMRTV de San Marino é o único membro da União Europeia de Radiodifusão – além da Rússia e da Ucrânia  a ter comentado a situação atual entre os dois países. Ainda não foi confirmado se a Rússia continuará a competir neste ano ou irá se retirar da competição.


San Marino foi o antepenúltimo país a revelar seu artista para o Eurovision 2017, sendo que serão representados por Valentina Monetta & Jimmie Wilson os representarão em Kiev, interpretando a canção “Spirit Of The Night“. O tema foi composto pelo veterano Ralph Siegel, em parceria com Steven Barnacle e Jutta Staudenmayer.

Valentina Monetta já é mais do que conhecida dos eurofãs, tendo representado San Marino em outras três oportunidades (2012 a 2014). Para Jammie Wilson, essa é sua primeira participação no Eurovision.

Ouça “Spirit Of The Night“, com Valentina Monetta & Jimmie Wilson:

Fonte: Eurovoix
x Close

Curta nossa página no Facebook