Eurovision

Bósnia e Herzegovina está oficialmente fora

Os motivos seguem sendo os mesmos

28 de setembro de 2016 - por Marcus Javarini
28 09 2016

Mais uma vez deixaremos de ver a Bósnia e Herzegovina participando do Eurovision. A estatal do país, BHRT, oficializou hoje a sua retirada da competição, visto que já haviam rumores de tal feito. O motivo da saída, é, novamente, financeiro. O país enfrenta uma crise econômica que vem afetando seriamente a emissora do país, que está prestes a fechar as portas devido a falta de recursos vindos do governo. Em 2016 a participação bósnia só foi possível devido a patrocinadores que custearam as despesas da participação, o que não foi conseguido para 2017.

Em entrevista ao N1, Lejla Babovic, da BHRT, afirmou que uma participação futura do país no Eurovision não está descartada:

O serviço público deve ter uma fonte estável de financiamento. Quando temos isso, então podemos falar sobre a aquisição de programas de alta qualidade e comercialização adicional, receitas adicionais que podem parecer base para participar de tais projetos de grande escala.

É importante ressaltar que a crise financeira fez com que o país estivesse ausente nas edições de 2013, 2014 e 2015 do Eurovision.


A Bósnia e Herzegovina no Eurovision

O país estreou na competição em 1993 e participou regularmente do Eurovision até 2012, exceto em 1998 e 2000 onde ficaram de fora da competição. Em seu histórico, a Bósnia e Herzegovina teve resultados medianos, na maioria das vezes abaixo do 10º lugar. O melhor resultado do país veio em 2006 onde Hari Mata Hari atingiu o terceiro lugar na competição com a canção ‘Lejla’. Além de 2006, a nação ficou dentro do top 10 em 5 das 18 participações no Eurovision. Relembre a última participação do país, em 2016, onde Deen, Dalal, Ana Rucner e Jala interpretaram ‘Ljubav je‘ no palco de Estocolmo, não se classificando para a final:

Fonte: Eurovoix
x Close

Curta nossa página no Facebook