Análises

Desistir é para os fracos

Reino Unido - Lucie Jones - "Never Give Up On You"

17 de abril de 2017 - por Marcus Javarini
17 04 2017

Ficha Técnica

  • País: Reino Unido
  • Artista: Lucie Jones
  • Título: Never Give Up On You
  • Data de Lançamento: 23 de janeiro de 2017
  • Autores: The Treatment, Emmelie de Forest e Lawrie Martin
  • Emissora: BBC
  • Método de seleção: final nacional (Eurovision: You Decide)

Biografia

Lucie JonesLucie Bethan Jones tem 25 anos e é cantora, atriz e modelo. Tornou-se conhecida em 2009, quando participou da 6ª edição do X-Factor Reino Unido. Na competição, chegou à quinta semana dos shows ao vivo, sendo eliminada em um duelo contra a dulpa Jedward – depois de sua eliminação, vários telespectadores reclamaram com a ITV sobre um possível arranjo de votos em favor dos irlandeses.

Assim que saiu do X-Factor, Lucie assinou contrato com a Select Model Management e começou sua carreira como modelo. Em 2010, foi escolhida para participar do musical Les Misérables, interpretando o papel de Cosette. Ela participou de outros musicais, como American Psycho, Rent e Ghost, este último durante uma turnê pela China.

Em janeiro de 2017, foi escolhida para representar o Reino Unido no Eurovision, com a canção “Never Give Up On You“.


Galeria


Capa para Facebook

Timeline Reino Unido


Clipe Oficial


Análise

A intérprete

Lucie JonesApesar de a seletiva inglesa ter sido fraca musicalmente, os cantores eram realmente muito bons em relação à parte vocal. Lucie Jones, é claro, não fica pra trás nesse quesito. Ainda assim, a cantora não poderá explorar toda sua voz na competição, já que sua música não exige tanto dela para ser interpretada. Apesar de um ótimo vocal, Lucie tem uma personalidade pouco visível e acaba sendo, muita das vezes, esquecida dentre tantos concorrentes, o que prejudica o país na competição. Nota: 7/10

A canção

Lucie JonesEmmelie de Forest é a compositora de “Never give up on you“, uma balada muito bem construída e com uma melodia agradável, além de ser bem coerente. Contudo, a música é apenas mais do mesmo, não trazendo para a competição nada de surpreendente e que possa destacar o Reino Unido na hora de receber pontos. Mesmo com o revamp feito pelos britânicos, a canção continua pouco chamativa, apesar de muito bem produzida. Nota: 6/10

O apelo com o público

Lucie JonesO Reino Unido mais uma vez tem uma proposta pouco apelativa na competição. Não só pela música, que não se sobressai e nem tem nenhum atrativo, mas também pela intérprete, que não se destaca com sua personalidade, apesar de um ótimo vocal. Provavelmente não veremos os britânicos recebendo muitos pontos do televoto e os números mostram isso, já que o país é mal colocado nas casas de apostas e o vídeo oficial da música no Youtube não tem números expressivos de visualizações.
Nota: 5/10

O conjunto da obra

Lucie JonesA onda de má sorte do Reino Unido parece não ter acabado, mesmo que em 2017 o nível musical tenha subido fortemente em relação a seus antecessores. Lucie, apesar de ser pouco lembrada, tem um ótimo vocal e sua música é de qualidade. O país provavelmente terminará na segunda parte da tabela por não ter nenhum elemento que o destaque na competição. Falta saber se o minimalismo na apresentação no Eurovision dará algum toque especial na performance para que esta fique mais atrativa. Nota: 5,5/10

O veredito

Veredito Reino Unido Eurovision 2017



E amanhã…

Nathan Trent
A temporada de análises do ESCPedia continua amanhã, com nosso veredito sobre “Running On Air“, canção de Nathan Trent que representará a Áustria.

x Close

Curta nossa página no Facebook