Análises

Amar pela Europa inteira

Portugal - Salvador Sobral - "Amar Pelos Dois"

27 de março de 2017 - por Marcus Javarini
27 03 2017

Ficha Técnica

  • País: Portugal
  • Artista: Salvador Sobral
  • Título: Amar Pelos Dois
  • Data de Lançamento: 19 de fevereiro de 2017
  • Autora: Luisa Sobral
  • Emissora: RTP
  • Método de seleção: final nacional (Festival da Canção)

Biografia

Salvador SobralSalvador Vilar Braamcamp Sobral tem 27 anos e tornou-se conhecido em 2009, quando participou da terceira edição do Ídolos – na qual ficou em 7º lugar. Depois, passou pelos Estados Unidos e por Barcelona, onde estudou jazz na prestigiada escola Taller de Musics. Durante esse período na Espanha, participou do projeto pop-indie Noko Woi, com o qual se apresentou em um dos palcos do importante festival Sónar, em 2014.
 
Voltou a Portugal para lançar seu disco de estreia, Excuse Me, que visava um lado autoral do artista e, ao mesmo tempo, mostrava grande inspiração no jazzista Chet Baker, na bossa-nova e nos sons da América Latina. O disco tem a co-produção musical do pianista Júlio Resende, do talentoso compositor venezuelano Leonardo Aldrey e do próprio Salvador Sobral.
 
Em 2017, foi indicado por sua irmã Luísa Sobral para interpretar sua proposta para o Festival da Canção. Ele venceu a competição e representará Portugal no Eurovision, com “Amar pelos dois“. Além de cantar, Salvador toca trompete e estudou psicologia no Instituto Superior de Psicologia Aplicada de Lisboa.


Galeria


Capa para Facebook

Salvador Sobral


Apresentação ao vivo


Análise

O intérprete

Salvador SobralChega a ser engraçado e ao mesmo tempo lúdico o jeito de Salvador interpretar sua proposta no palco. Seus gestos espontâneos e – talvez equivocadamente dizendo – extasiados, podem ter assustado o público na primeira semifinal do Festival da Canção, mas logo seu jeito único tomou conta dos fãs. Além disso, o cantor tem uma voz calma e agradável, que combina perfeitamente com “Amar pelos dois“. Talento é o que não falta para Salvador, espontaneidade menos ainda… Nota: 8,75/10

A canção

Amar pelos dois“, é uma música bem tradicional, que nos leva a uma atmosfera totalmente própria e envolvente. Não se pode simplesmente ouví-la, é preciso senti-la para que sua apreciação esteja completa. Além disso, a música tem uma atmosfera ‘antiga’, que faz lembrar até mesmo as cenas de novela de época que passam à tarde na TV. Sem dúvida, Portugal tem uma obra prima em mãos, e deverá utilizá-la da melhor forma possível para conseguir um bom resultado em Kiev. Nota: 9/10

O apelo com o público

Salvador SobralPodemos dizer que, esse ano, Portugal é um divisor de águas. Muitos fãs do Eurovision apoiam a participação portuguesa como uma das melhores do país em anos, já outros acreditam ser uma das piores propostas de 2017. É realmente difícil ver algum fã que tenha Portugal ranqueado no meio da tabela. Ainda assim, o saldo para o pais é positivo, já que os portugueses vêm de um ano de abstenção e de uma entrada apagada em 2015 e 2014. Resta a dúvida: seria Portugal o darkhorse desse ano? Não podemos esquecer que eles estão no top-5 das casas de apostas, fato que nem Vânia Fernandes conseguiu. Nota: 7,5/10

O conjunto da obra

Salvador SobralSem dúvida, Portugal tem em mãos uma de suas melhores propostas dos últimos anos, desde que levaram Vânia Fernandes para Belgrado. É impossível ignorar a apresentação característica e exótica de Salvador Sobral no palco. Este, por sinal, tem muito talento e forte carisma que, combinados com a canção que interpreta, faz de Portugal uma das propostas mais interessantes do ano. Vale lembrar que o país é o único em sua semifinal a se apresentar no idioma local, o que fará com que o país dispare na frente do público que preza pelos idiomas nativos. Se combinado com uma boa apresentação, “Amar pelos dois” poderá ter um ótimo resultado na competição. Nota: 8,5/10

O veredito

Veredito Portugal 2017



E amanhã…


A temporada de análises do ESCPedia continua amanhã, com nosso veredito sobre “Gravity“, canção de Hovig que representará o Chipre.

x Close

Curta nossa página no Facebook