Análises

Divertida, positiva mas inofensiva

Noruega: JOWST - "Grab the moment"

14 de março de 2017 - por Paulo K.
14 03 2017

Ficha Técnica

  • País: Noruega
  • Artista: JOWST
  • Título: Grab The Moment
  • Data de Lançamento: 15 de fevereiro de 2017
  • Autor(es): Joakim With Steen e Jonas McDonnell
  • Emissora: NRK
  • Método de seleção: final nacional (Melodi Grand Prix)

Biografia

JOWSTJoakim With Steen tem 27 anos e é um DJ, produtor e compositor norueguês. Nascido em Trondheim, começou a mostrar interesse em música aos 15 anos. Estudou produção musical na Noroff Vocational School e começou a trabalhar como engenheiro de som e produtor em 2011. O projeto JOWST surgiu de um grupo do Facebook – ele criou esse grupo para que as pessoas o seguissem e dessem seu feedback em relação ao processo de composição e produção de seu primeiro single. Assim surgiu “Grab The Moment“, que teve como objetivo conseguir ir além de sua capacidade, saindo de sua zona de conforto.

O vocalista de “Grab The Moment” é Aleksander Walmann, de 31 anos. Crescido em uma família musical, Aleksander tornou-se conhecido após participar da primeira edição do The Voice Noruega (2012), da qual foi segundo colocado. Desde então, abriu shows de importantes nomes da música local, além de ter emprestado sua voz para o personagem Roberto, na versão norueguesa da animação Rio 2.


Galeria


Capa para Facebook

timeline-noruega


Apresentação Ao Vivo


Análise

Os intérpretes

JOWSTAleksander Walmann possui um ótimo vocal – apesar do backing vocal ser gravado – e certo carisma, sendo que o seu visual “cool” casa bem com o belo visual da apresentação – de longe, o melhor aspecto de todo o conjunto. Contudo o intérprete fica parado durante toda a apresentação, sendo que a canção requer uma outra postura no palco. Caso a presença de palco de Aleksander acompanhasse o ritmo da canção e ele animasse um pouco mais a plateia, a coesão da proposta norueguesa seria muito mais sólida, o que elevaria e muito “Grab The Moment”. Nota: 7/10

A canção

JOWSTGrab The Moment” é uma canção extremamente comercial, aquela que você facilmente ouviria em uma estação de rádio – e esse é o principal problema com canções comerciais e radio friendly como esta: não há espaço para surpresas e não chegam a lugar algum ou propõe nada mais do que ser apenas uma canção positiva. Definitivamente “Grab The Moment” é animada e entertem facilmente, contudo em uma competição, é necessário muito mais que isso – falta um fator que a transforme em memorável. A composição é competente no que propõe, porém facilmente vai cair no esquecimento dos votantes por ser a típica “canção de meio de tabela” e por isso corre um grande risco de não classificar à final – e caso classifique, provavelmente será entre oitavo a décimo lugar. É uma canção boa, contudo genérica. Nota: 5,5/10

O apelo com o público

JOWSTNoruega aposta suas fichas no visual da sua apresentação – que realmente é muito bom. Há espaço para melhoras, principalmente com a presença de palco de seu vocalista – como mencionado anteriormente. “Grab the Moment” não irá desagradar, contudo tampouco vejo o público morrendo de amor por ela. Pelo fato de ser comercial, acredito que este seja o melhor quesito da canção – possui uma mensagem positiva, um visual cativante e entertem. Mas falta força na composição caso queira ir longe. Nota: 7/10

O conjunto da obra

JOWSTCanção clichê, genérica e positiva com um excelente visual e uma bela execução. Essa é a Noruega do Eurovision 2017. Apesar da semifinal 2 ser a mais fraca desse ano, a classificação do país é uma incógnita; dependerá muito de sua ordem de apresentação, do desempenho de outras canções e da sua própria execução. A Noruega não propõe muito mas cumpre muito bem dentro das limitações de sua composição. Dificilmente a canção tem força para chegar na primeira parte da tabela da final, caso a classificação venha – o que é totalmente possível. Nota: 6,5/10

O veredito

Noruega Veredito 2017



E amanhã…

Slavko Kalezic

A temporada de análises do ESCPedia continua amanhã, com nosso veredito sobre “Space“, canção de Slavko Kalezić que representará Montenegro.

x Close

Curta nossa página no Facebook