Análises

A garota com história

Armênia - Artstvik - "Fly With Me"

13 de abril de 2017 - por Jonatas Costa
13 04 2017

Ficha Técnica

  • País: Artsvik
  • Artista: Artsvik
  • Título: Fly With Me
  • Data de Lançamento: 18 de março de 2017
  • Autor: Lilith, Levon Navasardyan, Avet Barseghyan e David Tserunyan
  • Emissora: ARMTV
  • Método de seleção: Artista: Final Nacional (Depi Evratesil) / Canção: Escolha Interna

Biografia

ArtsvikArtsvik Arutyunyan tem 27 anos e nasceu em Yerevan e atualmente mora na Rússia. Após terminar o colégio, entrou para a Universidade Pedagógica de Moscou, escolhendo a profissão de fonoaudióloga e psicóloga; porém, sua paixão por cantar a fez seguir a carreira musical. Participou da 2ª edição do The Voice Rússia, sendo eliminada na fase de batalhas.

Em 2016, inscreveu-se para participar do Depi Evratesil, seletiva da Armênia para o Eurovision. No primeiro programa, interpretou “Sweet Dreams“, de Beyoncé e foi escolhida para o time de Essaï. Na final, ela conquistou 71% dos votos, tornando-se a representante armênia em Kiev.


Galeria


Capa para Facebook

Timeline-Armênia


Clipe Oficial


Análise

A intérprete

ArtsvikApesar de não ter uma carreira musical tão longa, Artsvik consegue ser tão profissional quanto um cantor que tenha uma bagagem artística bem vasta. Seu vocal é muito consistente e ela tem muita presença de palco. No Depi Evratesil, ela mostrou que dá conta do recado, que fará o seu melhor para que o país continue com sua série de bons resultados no Eurovision. Porém, “Fly With Me” não parece ser a música ideal – quando ela a canta, ficamos com a impressão de que falta alguma coisa para que seja totalmente perfeita. Esperamos que, até os ensaios, ela consiga encontrar esse pedaço e alcançar a total perfeição. Nota: 8/10

A canção

ArtsvikCom certeza ,se essa música fosse interpretada pour Sirusho, ou por Inga & Anush, o pequeno pedaço ausente seria facilmente encontrado. A música tem como objetivo celebrar a diversidade e, por isso, está cheia de elementos folclóricos, não só da Armênia, mas também da Europa e da África. Seus compositores realmente deram um tiro certeiro e conseguiram trazer para a música o que eles queriam, muita diversidade em apenas três minutos. A versão em estúdio não agradou tanto os eurofãs, mas muitos mudaram de opinião depois de ouví-la ao vivo. Ela realmente funciona em palco: ela se transforma ao ser interpretada ao vivo, cria vida e uma atmosfera totalmente contagiante. Nota: 8/10

O apelo com o público

ArtsvikA sucessora de “LoveWave” não agradou muito os fãs. Para um país que está entrando para a elite eurovisiva, podemos dizer que estamos tendo uma participação relativamente apagada, bem abaixo da média. Isso deve ser resultado das especulações em relação a música, pois ela é da mesma compositora da proposta de Iveta e muitos esperavam uma “LoveWave 2.0”. Mas esse apelo negativo do público poderá mudar quando ela for interpretada no palco do Eurovision, já que a Armênia sabe usar o palco ao seu favor. Nota: 6/10

O conjunto da obra

ArtsvikCom uma boa apresentação, “Fly With Me” voará para o top 10 facilmente. Parece que a Armênia escolhe suas canções pensando em como ela irá funcionar no palco do Eurovision e dessa vez não foi diferente. Contudo, como havia citado anteriormente, Artsvik deve encontrar essa peça que está faltando para deixar a música totalmente completa, deve se conectar com aquela essência étnica e deixar para o público a mensagem que os compositores querem que a música transmita, que é celebrar a diversidade. Então voar ou não voar para o top 10? Tudo dependerá se a cantora conseguirá fazer com que nós voemos junto com ela. Nota:8/10 

O veredito

Veredito Armênia Eurovision 2017



E amanhã…

Isaiah Firebrace
A temporada de análises do ESCPedia continua amanhã, com nosso veredito sobre “Don’t Come Easy“, canção de Isaiah Firebrace que representará a Austrália.

Veja mais sobre:

x Close

Curta nossa página no Facebook